Logística de entrega: saiba como otimizar o processo

Logística de entrega: saiba como otimizar o processo

A logística de entrega é um dos processos mais desafiadores para as empresas atualmente. Por ser uma área que abrange diferentes âmbitos na cadeia logística, com início na aquisição e recebimento de insumos; até chegar à entrega final de produtos ao consumidor, a ocorrência de falhas e de transtornos podem comprometer muito mais do que somente o desperdício de recursos. 

Por isso, as empresas que atuam no setor de transportes vêm investindo em alternativas para otimizar a execução da logística de entrega em sua cadeia produtiva. Isso se deve ao aumento da demanda de mercado por soluções mais eficientes e com redução de custos, cenário em que a competição se torna mais acirrada com o passar dos anos. Garantir a satisfação plena das necessidades dos clientes se tornou imperativo para quem quer se firmar e ser referência de atuação com transporte de cargas. 

Pensando em formas de promover estratégias em logística de entrega com resultados ainda mais eficientes, a Central do Frete preparou dicas sobre como fazer para otimizar os processos da sua cadeia de produção. Com mais agilidade na execução dos processos, foco em tecnologia e melhoria contínua, você vai saber tudo que a sua empresa pode desenvolver para ser mais competitiva e gerar mais resultados para seus clientes. 

O que é logística de entrega? 

A logística de entrega envolve os processos necessários para que tanto a coordenação quanto a movimentação de recursos aconteçam de forma eficaz. A organização, o transporte e a entrega de insumos, materiais, produtos acabados e equipamentos devem ocorrer de modo otimizado, evitando perdas de tempo e de recursos financeiros. Abrange os seguintes processos:

  • Transporte: relacionado à movimentação de recursos de forma geral;
  • Transporte de entrada e de saída: se refere à inserção e à entrega de insumos e produtos;
  • Gestão de frota: devida maneira de gerenciar a frota de veículos;
  • Armazenagem: processo em que insumos e produtos são acondicionados em locais específicos;
  • Manuseio de materiais: envolve processos de transformar insumos em produtos;
  • Separação de pedidos: operação realizada no almoxarifado;
  • Gestão de estoque: relaciona-se à forma de gerir todo o estoque;
  • Planejamento de demanda: diz respeito ao plano de atendimento da demanda programada;
  • Outros processos que envolvem a logística, como a solicitação de materiais, por exemplo.

Leia também: Descubra como diminuir o custo logístico da sua empresa

Tipos de logística de entrega

Como é possível observar, a logística de entrega é ampla e, em cada um dos seus tipos, encontramos diversos processos operacionais, cada um com suas particularidades. Vamos conferir quais os tipos e processos que abrange:

Logística de produção

A logística de produção se relaciona tanto aos processos de fabricação e montagem, quanto transporte até a empresa e armazenamento. É a área da logística de entrega responsável pela transformação de matéria-prima em produto final. O planejamento da produção é dependente desta área, já que, sem desenvolver processos produtivos, não haveria como identificar as reais necessidades de mercado, nem formular as melhores soluções para atender plenamente a todas elas. 

Para que a logística de produção funcione de maneira a otimizar os resultados, é necessário conhecer a fundo o mercado e a concorrência, e assim traçar estratégias assertivas de execução. Isso também pode ser aplicado para a inovação na criação de produtos, pois as demandas vão se diferenciando de acordo com o tempo e a cultura da sociedade.  

Logística reversa

O conceito de logística reversa vem se tornando pauta em debates sobre sustentabilidade e preservação ambiental nos últimos anos. É por meio desse tipo de logística que se executa o reaproveitamento de produtos e materiais, gerando processos que beneficiam o meio ambiente e garantem a sustentabilidade dos recursos no planeta

Um exemplo prático de logística reversa ocorre quando a empresa fabricante de produtos eletrodomésticos abre canais para a devolução dos produtos que não são mais usados pelos clientes. O fabricante se responsabiliza pelo reaproveitamento e descarte adequado dos resíduos que não podem ser mais utilizados. 

Desse modo, torna-se possível evitar a exploração de mais recursos, que já estão nos produtos descartados. E ainda completa de forma adequada a cadeia de retorno dos resíduos inservíveis, pois a produção aumenta exponencialmente e o descarte nem sempre é feito de acordo com o que a lei estabelece.

A logística reversa também diz respeito ao retorno de produtos vendidos pela internet, e acontece quando o cliente solicita a troca ou devolução do produto que comprou. É uma prática comum que clientes, eventualmente, desistam da compra — seja por defeitos ou mau funcionamento do produto. Nessas situações, caso seja solicitada em até 7 dias corridos, a desistência da compra é um direito assegurado por lei.

Segundo dados da Invest, 30% dos produtos comercializados são devolvidos, e o custo desse processo representa cerca de 5% do faturamento das lojas virtuais. Portanto, é fundamental que o gestor estabeleça planos de ação para realizar as devoluções e evitar que a logística reversa prejudique a saúde do negócio.

Leia também: Calcular frete: como conseguir o melhor preço?

Logística de suprimentos

A logística de suprimentos, também conhecida como de abastecimento, se refere aos processos de acesso a matéria-prima e produtos exatamente no momento em que são demandados. Funciona de modo a garantir a qualidade dos produtos a preços justos, bem como o estoque e acessibilidade ao material que a empresa necessita. 

Exemplificando: uma empresa que fabrica bebidas deve controlar a cadeia de produção para que não faltem matérias-primas em todas as fases do processo, evitando, com isso, a interrupção da produção e os prejuízos associados. Se não há garrafas em quantidade suficiente para o envase das bebidas, os prejuízos são sentidos na fábrica, com a redução da produção; também no transporte, que vai sair em atraso; e na gôndola do supermercado, pois pode ocorrer falta no abastecimento do produto; chegando também até o consumidor, que pode se sentir insatisfeito em não adquirir o produto que deseja.

calcular frete

Logística de distribuição

Na logística de distribuição, o produto é entregue ao consumidor final e, por isso, esse processo precisa ser executado com grande cuidado e muita atenção. É a parte da logística de entrega em que o contato direto com o consumidor final ocorre, então abrange as formas de comercialização de produtos.

Seus processos se relacionam à distribuição do material e ao planejamento de entrega, incluindo também o controle do estoque, que requer monitoramento constante e conferência da carga a ser transportada. A distribuição ainda é um ponto que demanda a garantia da satisfação do cliente, por meio de entregas ágeis, de acordo com o prazo e sem avarias nas embalagens. O sucesso desse processo representa, portanto, o sucesso de todos os tipos anteriores a ele.

Dicas para otimizar a logística de entrega

Planeje as rotas e evite atrasos

Para os clientes o prazo de entrega é essencial. As empresas em geral e as transportadoras precisam realizar o planejamento de rotas com a finalidade de evitar atrasos, que comprometem o relacionamento com o cliente e a imagem da empresa no mercado.

Em vez de fazer uma promessa de entrega irreal, correndo o risco de não ser cumprida, o ideal é considerar as estratégias mais eficientes para a adoção da rota e do tempo realmente necessário para a entrega dentro do prazo estabelecido com o cliente. Com isso, é possível evitar transtornos e a perda de clientes, que é o ativo mais valioso para toda empresa.

Tenha amplo controle do estoque

O controle de estoque é um ponto que merece extrema atenção. Assim como a manutenção de um estoque elevado é sinal de gastos excessivos, a falta de produtos disponíveis representa perdas de receita. O equilíbrio é a melhor alternativa para manter o estoque devidamente abastecido, sem o risco de deixar de atender prontamente a demanda dos clientes.

Uma das maneiras mais eficazes para a execução do controle de estoque é o uso de softwares, em que é possível monitorar o fluxo de entrada e saídas de forma ágil. Também permite estabelecer o controle do estoque mínimo, por meio do acionamento de alertas para a realização de novos pedidos. 

Dica de leitura: Declaração de conteúdo: o que é e como fazer?

Use a tecnologia como ferramenta

Hoje a tecnologia oferece as melhores ferramentas para auxiliar nas tarefas envolvidas no processo de logística de entrega. Assim, é fundamental adotar o uso dessas ferramentas no dia a dia, com a vantagem de atingir resultados cada vez mais eficientes. 

Existem várias opções de softwares que permitem estabelecer o planejamento das demandas, assim como o cálculo de rotas. Também é possível executar o gerenciamento estratégico do estoque e do tempo de entrega, que são gargalos a serem otimizados para evitar prejuízos e perdas de clientes. 

O uso de sistemas de gestão é eficaz ainda na ampliação da capacidade de atendimento com a aplicação de menos recursos. Além disso, é excelente para se manter atualizado com as tendências do mercado e atrair novos clientes.

Elabore o planejamento da demanda 

É fundamental atentar para as demandas dos produtos, pois é extremamente prejudicial para o negócio a falta de mercadorias no estoque, sobretudo aquelas que giram com mais frequência. O cliente pode se ver obrigado a procurar a concorrência para ter o seu pedido atendido.

Essa e outras situações complexas podem ser facilmente evitadas com o planejamento da demanda para determinado período. Esta alternativa é ainda mais eficiente quando aplicada em contextos sazonais, como em datas comemorativas, que estimulam o comércio de produtos em maior escala. Nunca é exagero prever o cenário e se preparar para atender às suas demandas com mais eficácia.    

Tenha atenção à qualidade dos produtos

Ao fazer a compra, tudo o que o cliente espera é entrega no prazo e qualidade do produto. Por isso, não adianta fazer uma entrega super agilizada, se o conteúdo da encomenda não correspondeu às expectativas do cliente como deveria. Para evitar reclamações e o retrabalho de manter o cliente fiel à empresa, é muito mais vantajoso oferecer produtos com a qualidade que o cliente exige. 

O fator qualidade significa aumento de custos, que devem ser analisados e só depois repassados para o valor das mercadorias, assim não há como haver prejuízos nas contas. Mas a falta de qualidade pode ser fatal para o bom andamento dos negócios. 

Ofereça treinamento para os colaboradores

O treinamento é uma alternativa eficaz para a solução de problemas, por isso mesmo é essencial a toda organização que tenha como meta otimizar a logística de entrega.  Assim, treinar a equipe para oferecer mais qualidade aos clientes é um investimento com retornos garantidos. 

Também é uma estratégia válida para certificar que todas as etapas da cadeia produtiva estão sendo efetuadas de modo otimizado. Ainda pode ser um incentivo para aqueles colaboradores que almejam crescer dentro da empresa, pois vão se sentir mais capacitados e seguros para responder às demandas dos clientes.

Sistema Central do Frete: 

A Central do Frete disponibiliza aos embarcadores uma plataforma que é a solução ideal para auxiliar na otimização dos processos de logística. Nosso sistema é voltado para o atendimento de todas as demandas ligadas ao serviço de frete, tais como o mapeamento de rotas e o rastreamento de cargas. 

Em um único lugar, você vai poder visualizar e tomar decisões de forma ágil e efetiva. Também vai poder evitar a ocorrência de atrasos na entrega ou o enfrentamento de transtornos com os clientes. Em poucos instantes, todas as informações do seu serviço de transporte de cargas vão estar centralizadas no dashboard da plataforma Central do Frete. Conte com um sistema que alia a eficiência da tecnologia às melhores soluções em gestão logística.

Logística de entrega otimizada é com a Central do Frete

Para que a logística de entrega da sua empresa se torne mais otimizada, com a melhor gestão dos processos, sem falhas na produção até a distribuição, conte com a experiência de quem mais entende de gestão de frete. Se o seu problema é garantir que a entrega não sofra atrasos, adote um sistema de gerenciamento online, com acompanhamento de todo o processo em tempo real. 

Com uma solução única e eficaz, você automatiza desde a cotação e a contratação da transportadora até o pagamento pelo serviço. Há mais de 5 anos a Central do Frete oferece as melhores soluções por meio da tecnologia, como a otimização do gerenciamento e controle, assim como a segurança e a rapidez no envio de cargas.  Venha conhecer os benefícios da plataforma Central do Frete e conquiste a confiança dos seus clientes!

Deixe uma resposta