Descubra como diminuir o custo logístico da sua empresa

Descubra como diminuir o custo logístico da sua empresa

A sua empresa enfrenta o desafio de diminuir custo logístico? A tomada de decisões não está alcançando os resultados esperados? 

Com o passar dos anos, a logística deixou de ser considerada mais um setor operacional das empresas e hoje é vista como a espinha dorsal para diferentes modelos de negócio. Isso porque exerce um papel estratégico e influencia direta ou indiretamente no fluxo de trabalho da organização. 

As variáveis que interferem no aumento considerável dos gastos são múltiplas, algumas delas até passam despercebidas, se não forem devidamente analisadas. Por isso, devem ser estrategicamente pensadas, com foco na redução de custos. 

A Central do Frete vai dar dicas importantes sobre como diminuir custo logístico a médio e longo prazo, trazendo até você os principais fatores que pesam o orçamento das empresas e o que pode ser feito para reverter o quadro de ascensão dos gastos com logística. Vem ser mais, entre para a lista de sucesso dos embarcadores da Central do Frete!

O que é custo logístico? 

O custo logístico se relaciona aos gastos de uma empresa com estocagem de matérias-primas e de produtos, embalagem de mercadorias, movimentação de materiais e transporte. Envolve também os custos com planejamento e tributação. 

Para cada empresa, os custos logísticos vão ser diferentes, pois dependem do tipo de mercado em que atuam e de quais processos elas utilizam para desenvolver a sua atividade.  Assim, não há como uma empresa evitar os custos logísticos, pois fazem parte do seu dia a dia. 

Daí a importância na criação de um fluxo de mapeamento das etapas do custo logístico, que se refere aos seguintes fatores:

Estoque

Para efetuar o devido acondicionamento de insumos e produtos, é necessário manter o estoque da empresa. Além de ser considerado um vilão nas despesas de toda empresa, o estoque também pode ser visto como importante recurso financeiro, já que os seus custos representam oportunidades de vendas. 

Por isso, é essencial manter os custos com estocagem de matérias-primas e produtos com visão estratégica, porque ajuda a evitar custos invisíveis e prejuízos inesperados. 

Separação  de pedidos

Os custos associados à separação de pedidos são cruciais, visto que interferem na precificação dos produtos. Quanto mais tempo uma mercadoria permanece sob a guarda da empresa, mais cara ela se torna. 

Por isso, é relevante executar a separação de pedidos com eficiência. Aspectos como o fluxo livre das mercadorias, a definição do destino dos lotes e a organização do depósito precisam estar em sintonia, a fim de se evitar imprevistos ou até mesmo prejuízos. 

Distribuição

Envolve uma série de processos, tanto internos quanto externos à empresa. A distribuição tem início no recebimento do pedido, passa pela separação da mercadoria e pela organização no veículo de transporte, até chegar ao envio para o cliente. É um custo logístico complexo, com gastos consideráveis. 

Gestão de frete

Enquanto a logística abarca os processos de movimentação de mercadorias, a gestão de frete é um dos elos desta cadeia. Ela envolve os custos ligados ao transporte de mercadorias, que vem se intensificando graças ao aumento do comércio de produtos online. 

Por representar uma parcela significativa dos custos logísticos das empresas, a gestão de frete passou a ser otimizada por meio de ações em planejamento estratégico. Tais ações não só racionalizam e reduzem os custos associados, mas ao mesmo tempo oferecem serviços mais ágeis e qualificados para os clientes.

Leia também: Calcular frete: como conseguir o melhor preço?

Gerenciamento de frota

Trata-se do gerenciamento dos veículos da empresa destinados ao transporte de produtos, ou mesmo à prestação de serviços. A gestão de frotas otimizada requer o devido controle da manutenção dos veículos e do consumo de combustível, além da análise da quilometragem e do percurso das rotas. 

Vale lembrar que, independente da quantidade de veículos da empresa, o gerenciamento de frota vai representar uma parcela dos custos logísticos. Por isso, é essencial realizar a gestão estratégica da frota, sendo possível assim reduzir a ocorrência de riscos e promover aumento dos ganhos.

Movimentação

A movimentação tem a ver com deslocamento interno. Seja de maquinário, seja de pessoas e de produtos, este custo logístico pode parecer imperceptível às empresas, mas quando os processos são analisados, podem demonstrar falhas que comprometem os resultados em produtividade. 

Custos fixos e variáveis:  é preciso apurar para reduzir!

Como já deu para notar, o custo logístico representa um papel de destaque para garantir a saúde financeira da sua empresa. Diante disso, torna-se fundamental apurar devidamente os gastos com a logística, que podem ser tanto custos fixos quanto variáveis. 

Ao fazer isso, é possível começar a desenvolver uma estratégia para diminuir custo logístico, identificando de modo eficaz em quais variáveis os gastos estão comprometendo o orçamento da empresa e o que fazer para reduzir tais custos. Veja o que são cada um deles:

  • Custos fixos – referem-se aos custos com salários, manutenção geral e de equipamentos,  limpeza e  higiene.
  • Custos variáveis –   são custos que podem variar de acordo com o volume de atividade da empresa. Envolvem água e energia, matérias-primas, embalagens e comunicação. 

Dicas de como diminuir custo logístico

Como já vimos até agora, é importante buscar alternativas para diminuir custos logísticos, pois pode fazer toda a diferença na produtividade da sua empresa. Ao identificar o que está pesando no orçamento, é possível assumir uma postura mais efetiva e alterar a forma como os processos são realizados. 

Confira algumas dicas práticas para diminuir custo logístico:

Previsão de demanda: quando comprar e quando esperar

Conferir o andamento do histórico de vendas da empresa é essencial para se fazer a previsão de demanda. Este documento contém dados preciosos, com indicadores dos períodos de maior saída de produtos. A partir disso, é possível organizar a compra das matérias-primas, bem como se preparar para a época do ano em que as vendas se intensificam. Como o estoque compromete o capital de giro da empresa, é preciso controlar a demanda de vendas para evitar o aumento dos custos de estocagem. 

Considere a logística reversa: prevenir é investir!

Toda vez que a empresa recebe um pedido de devolução de produtos, arca com os custos do que chamamos de logística reversa. A sua operação requer bastante atenção por parte das empresas, pois é considerada obrigatória pela legislação estabelecida no Código de Defesa do Consumidor. Segundo a lei, a empresa é responsável tanto por retirar o produto no endereço do consumidor, como também por garantir o reenvio da encomenda. 

Além disso, o reembolso é outra obrigação que deve ser cumprida pelos comerciantes. Pensando nisso, a seleção de embalagens com reforço que garanta a integridade da mercadoria é essencial, evitando que o produto sofra danos. O valor da mercadoria também vai influenciar no maior investimento em embalagens de reforço. 

Para produtos sensíveis, como celulares e computadores, a almofada de ar pode ser uma solução viável, já que evita danos no impacto do produto com o seu exterior. O uso de materiais como papelão reforçado, suportes de madeira e plástico bolha auxiliam na maior proteção dos produtos e evitam a ocorrência de danos para as situações de logística reversa. 

Otimização de rotas: alternativa que agrega valor

Dependendo do volume de entregas da empresa em uma mesma área, otimizar a rota vai fazer com que se reduzam custos em relação ao combustível e ainda agilizar o serviço de entrega. Mesmo quando se trata de encomendas que precisam ser entregues em regiões diferentes, a otimização de rotas pode contribuir para o melhor aproveitamento do tempo de viagem. 

Tudo deve ser analisado de forma a garantir que o planejamento esteja adequado com a prática da empresa. Pense em como uma entrega mais rápida vai trazer mais retorno em termos de satisfação do cliente e fortalecimento da confiança. São valores que mantêm a empresa em ação por mais tempo. 

Leia também: Logística de entrega: saiba como otimizar o processo

Acompanhar indicadores de desempenho (KPIs)  é imprescindível 

Em muitos casos, é preciso abrir o leque e usar ferramentas de gestão para analisar com precisão os resultados dos processos. Uma dessas ferramentas são os indicadores de desempenho – KPIs – que auxiliam na localização das falhas e na implementação de melhorias.  

As principais métricas de acompanhamento são os custos ligados ao frete e ao estoque, além do nível de avarias e da incidência de extravios. A quantidade de reentregas é outro indicador que possibilita pensar estrategicamente para a redução de custos logísticos.  Com planejamento e foco na estrutura logística, é possível atingir resultados satisfatórios e ainda investir em programas de melhoria contínua. 

Automatize processos: a tecnologia está do seu lado!

Quando se fala em automatização de processos, logo vem à mente a noção de que as máquinas vão fazer todo o trabalho pesado. Mas não é bem assim que funciona. O investimento em tecnologia é um incentivo importante para a redução dos custos logísticos, principalmente quando considerados em sua totalidade. Mas cabe estabelecer o fluxo das operações e verificar de que modo a tecnologia pode ser viável. 

Em atividades que exigem a repetição de movimentos ou com pouca variabilidade de processos, o uso das máquinas ou softwares vão incrementar a produtividade e diminuir as perdas devido a erros. Assim, mantém-se o ritmo das atividades de maneira contínua, com resultados positivos ao longo do tempo. 

calcular frete

Logística terceirizada: reduza custos e aumente a produtividade 

Por meio da terceirização dos serviços de logística, é possível reduzir consideravelmente os custos logísticos. A contratação de motoristas, por exemplo, impacta na redução com custos em salários e encargos trabalhistas, assim como o uso de frota terceirizada reduz o pagamento do espaço para guarda e manutenção. 

Outro ponto relevante é o que se refere à redução de custos na aquisição de veículos, quando terceirizar o serviço resolve o problema de distribuição e entrega. Outros custos que pesam em qualquer orçamento são os seguros e impostos, que podem ser resolvidos com a contratação de serviços de terceiros. 

Com frota terceirizada, é possível ainda reduzir os investimentos em dispositivos de segurança e monitoramento, que também influenciam no aumento de despesas da empresa.  

A logística terceirizada ainda é capaz de melhorar o controle de estoque das organizações, já que parte do estoque de matéria-prima e de produtos pode ficar a cargo de outra empresa. As possibilidades de redução de custos são inúmeras, por isso vale a pena avaliar se terceirizar a logística é uma boa saída para cortar gastos exorbitantes. 

Embarcador Central do Frete: seu custo logístico levado a sério!

Se você já sentiu o impacto que os custos logísticos podem representar para o lucro da sua empresa, já sabe o quanto é importante investir na redução dos gastos e na implementação de soluções mais ágeis e produtivas. 

Pensando na sua necessidade, a Central do Frete criou uma plataforma inteira para solucionar de vez os problemas em logística das empresas de todos os portes. Aqui você tem à disposição um serviço com tecnologia de ponta, que oferece a cotação de frete em empresas com larga experiência em serviços de entrega de mercadorias. 

E tem mais! Você ainda pode contratar o serviço de frete e fazer toda a sua gestão online, com praticidade, rapidez e segurança. Você não precisa mais quebrar a cabeça em busca de soluções para a logística da sua empresa. 

Conheça a Central do Frete e comprove os resultados de serviços mais rápidos, eficientes e, o que é melhor, com custos reduzidos! 

Conclusão: 

Para diminuir custo logístico e implantar estratégias realmente eficazes na gestão logística na sua empresa, nada é mais viável que usar a tecnologia e a inovação na hora de fazer a cotação e a contratação de frete online. A Central do Frete reuniu o que há de mais avançado em tecnologia para desenvolver a plataforma ideal para solucionar as suas entregas, com qualidade e praticidade. 

Com mais de cinco anos de existência, a Central do Frete oferece soluções para a gestão de frete online que vão surpreender os seus resultados financeiros. Venha fazer parte de um dos times que mais cresce em desenvolvimento e inovação logística! Seja embarcador da Central do Frete e obtenha mais produtividade, melhoria no atendimento e segurança. Conquiste ainda mais a confiança dos seus clientes, entre em contato agora mesmo! Você só tem a ganhar!

 

Equipe Central do Frete

A Central do Frete é uma plataforma de gestão de fretes online desenvolvida para simplificar os processos entre você e as transportadoras.

Deixe uma resposta