Cotação SEDEX: saiba como fazer

You are currently viewing Cotação SEDEX: saiba como fazer

Uma das grandes preocupações do gerente de e-commerce ou do proprietário de uma loja virtual é a entrega das encomendas. Afinal, um frete caro, demorado ou ineficiente pode comprometer a experiência de compra dos clientes.

Portanto, é preciso oferecer um serviço de frete capaz de levar os pedidos aos consumidores com segurança e agilidade, sem cobrar preços exorbitantes por isso.

Mesmo com tantas ofertas de transportadoras privadas, o serviço dos Correios é um dos mais utilizados nos e-commerces brasileiros e apresenta grandes vantagens. Por ser uma empresa muito antiga e tradicional, os Correios transmitem confiança aos compradores e, além disso, oferecem várias modalidades de envio, como o PAC e o SEDEX.

Assim, o consumidor é livre para escolher de acordo com sua urgência para receber o produto comprado ou o quanto está disposto a desembolsar pelo frete.

Neste artigo, vamos comentar sobre as diferentes modalidades de envio dos Correios e ensinar como realizar a cotação SEDEX. Confira!

Quais os tipos de envio dos Correios?

Os Correios oferecem várias modalidades de envio, das mais baratas até as mais caras. Dentre os diversos tipos de envio, os mais utilizados pelos lojistas são o PAC e o SEDEX, sendo o PAC a alternativa mais econômica (e mais demorada) e o SEDEX a opção de entrega expressa.

PAC é ideal para quem não tem tanta pressa de receber o pedido e não quer pagar tanto, pois é um serviço mais acessível e igualmente confiável. Nessa modalidade de envio, é possível remeter objetos de até um metro de comprimento, com peso máximo de 30kg. As entregas são feitas de segunda à sexta-feira, e os pacotes não recebem prioridade nos centros de distribuição — por isso demoram mais para chegar ao seu destino.

Já o SEDEX é mais recomendado para clientes que precisem receber logo os produtos comprados e estão dispostos a pagar mais por essa agilidade. Trata-se de um serviço mais caro, mas que garante uma entrega rápida, uma vez que os pacotes postados via SEDEX são tratados como prioridade nos centros de distribuição dos Correios.

O SEDEX garante entrega expressa de mercadorias com até um metro de comprimento e peso máximo de 30 quilos, e as entregas são realizadas de segunda a sábado.

Quais as vantagens de optar por SEDEX?

O SEDEX pode ser muito vantajoso para lojas online que prezam pela agilidade, já que garante uma entrega rápida para qualquer local do Brasil.

Como todos os pacotes enviados nessa modalidade são tidos como prioritários e as entregas ocorrem também aos sábados, o prazo de entrega é muito mais curto, o que pode ser um enorme diferencial para surpreender os clientes.

Tudo isso, é claro, com a reputação dos Correios, que já são conhecidos pelo público e, portanto, não geram nenhuma insegurança: ao comprar um produto e solicitar entrega por SEDEX, o consumidor confia que seu pedido será entregue com segurança.

Outra grande vantagem dos Correios é a sua capilaridade: a empresa está presente em todas as regiões do Brasil, e existem agências dos Correios espalhadas pelo país inteiro, das capitais até as cidadezinhas do interior. Logo, optar pelo SEDEX é garantia de que a encomenda vai chegar ao destinatário, independentemente do lugar em que more.

Além do SEDEX tradicional, os Correios também oferecem alguns subtipos de SEDEX, de acordo com a data em que se deseja receber o produto.

  • SEDEX 12: garante a entrega do item até as 12 horas do dia seguinte à postagem;
  • SEDEX 10: entrega a encomenda até às 10 horas do dia seguinte ao da postagem;
  • SEDEX Hoje: sugerido para envios dentro da mesma região, já que o pacote é entregue no mesmo dia da postagem;
  • SEDEX a cobrar: o remetente paga e recebe um Vale Postal no momento da postagem e, posteriormente, o destinatário paga novamente e ativa o vale.
  • SEDEX Mundi: o envio internacional expresso dos Correios é indicado para lojas que enviam para fora do país.

Esse grande número de possibilidades acaba tornando o SEDEX um serviço muito versátil, que consegue se adaptar a qualquer demanda. Caso a loja tenha contrato com os Correios, ainda pode contar com benefícios extras como, por exemplo, a coleta em domicílio e a logística reversa.

Central do Frete

Como é feito o cálculo do SEDEX?

O valor do frete dos Correios via SEDEX depende de algumas variáveis, como o volume da mercadoria enviada, a distância a ser percorrida e, em certas situações, até mesmo do valor do produto. A medida adotada para definir o preço final é o peso cúbico, uma métrica que equilibra a relação entre o peso do objeto e o espaço que ocupa.

Além disso, o valor do frete também varia de acordo com o preço da embalagem utilizada (caso o lojista opte por utilizar as caixas próprias oferecidas pelos Correios), e com a adição de eventuais serviços extras, como o seguro e o serviço de Mão Própria.

Para calcular o peso cúbico da mercadoria utilizado na cotação SEDEX, a fórmula é a seguinte:  C x L x A / 6.000.

Na fórmula acima, C corresponde ao comprimento da caixa em centímetros; o L se refere à largura em centímetros; e o A corresponde à altura em centímetros. Já o número 6.000 da equação corresponde ao coeficiente de cubagem que resulta da relação entre peso e volume.

Leia mais sobre peso cúbico emCubagem: entenda como é feito o cálculo

Como fazer a cotação SEDEX?

Na prática, não é preciso fazer contas manualmente, já que no próprio site dos Correios, é possível realizar uma simulação do valor do frete e o prazo estimado de entrega.

Para fazer a cotação SEDEX no site dos Correios, é necessário entrar na página de cálculo de preços e prazos com os seguintes dados: os CEPs de origem e destino da encomenda; a altura, a largura e o comprimento da embalagem (em centímetros); e o peso estimado da mercadoria, em quilogramas.

Ao acessar o site, deve-se preencher todas as informações acima e, em seguida, selecionar a modalidade SEDEX. Feito isso, é hora de escolher a embalagem desejada, que pode ou não ser as caixinhas fornecidas pelos Correios.

Caso opte pela embalagem própria dos Correios, será preciso assinalar o tamanho desejado e apontar o peso do item. Já se decidir utilizar outro tipo de embalagem, você também deverá informar se o produto será enviado em uma caixa, uma esfera ou um cilindro. Por fim, é necessário preencher os campos com as medidas exatas do item a ser postado.

Após preencher todas as informações solicitadas, é só clicar em “Calcular” para visualizar a estimativa do prazo de entrega e o preço do frete.

Os Correios também permitem simular o valor do frete e o prazo de entrega dos envios feitos para fora do Brasil. Se sua loja oferecer entregas para outros países, basta entrar na página Simulador de Preços e Prazos Internacionais e preencher os dados solicitados para obter a estimativa.

A cotação SEDEX também pode ser realizada no aplicativo dos Correios para dispositivos móveis. Para isso, basta instalar o app “Correios” (disponível para iOS e Android), clicar no menu “Preços e prazos” e, em seguida, preencher os dados de CEP de origem e CEP de destino, bem como as dimensões da caixa a ser enviada e o formato de embalagem desejada. Feito tudo isso, clique em “simular” para visualizar os preços e previsões de prazo.

Tanto no site dos Correios como no aplicativo é possível contratar serviços adicionais, como a entrega em mão própria ou o aviso de recebimento. Nesse caso, basta selecionar a opção desejada entre todos os serviços disponibilizados pelos Correios.

A melhor cotação de frete é na plataforma da Central

Procurar sempre a melhor alternativa de frete é essencial para garantir uma boa experiência de compra aos clientes. É dever do lojista pesquisar as diversas opções no mercado e realizar orçamentos com diferentes empresas para encontrar o melhor custo-benefício, que combine um valor justo a um serviço eficiente.

Com a Central do Frete, é muito fácil comparar as condições e os valores praticados pelas principais transportadoras do Brasil e escolher a opção ideal para sua loja online.

Quer saber mais? Visite o nosso site e saiba o que a Central do Frete tem a oferecer para seu e-commerce.

Deixe um comentário